Crítica | A Vida Secreta de Walter Mitty

Crítica | A Vida Secreta de Walter Mitty

- in Cinema, Crítica Cinematográfica, Críticas
0

Direção: Ben Stiller
Roteiro: Steven Conrad
Elenco: Ben Stiller, Shirley Maclaine, Kristen Wigg
País de Origem: EUA
Estreia Mundial: 20 de dezembro de 2013
Gênero: Aventura/comédia/drama
Duração: 114 minutos

‘A Vida Secreta de Walter Mitty’ é um daqueles filmes que poderiam ter sido bem melhores, mas ao mesmo tempo o resultado final agrada e proporciona um filme extremamente poético.

Ben Stiller retorna como diretor após o sucesso de “Trovão Tropical” em “A Vida Secreta de Walter Mitty”, novamente se mostrando um competente diretor e um ator com potencial a ser explorado, proporcionando assim um filme lírico sobre o anseio de viver em contraste com o comodismo em sonhar.

Na trama, Walter Mitty (Ben Stiller) trabalha no departamento de negativos da Revista Life, que acaba de ser vendida e está prestes a virar apenas uma mídia digital. Walter então fica encarregado da capa da última edição impressa, porém ele perde o negativo de número 25 que foi enviado pelo seu amigo o fotógrafo Sean O’Connell (Sean Penn). Em meio a cobranças, Mitty então decide parar de imaginar grandes feitos que queria viver e inicia uma odisseia em busca do fotógrafo, contando também com a ajuda de sua colega de trabalho Cheryl (Kristen Wigg), por qual está interessado e de sua mãe (Shirley MacLaine).

O interessante de “A Vida Secreta..” é o fato de nosso protagonista ser um mero comum, sem nenhum feito notável ou característica chamativa. Walter é uma pessoa simples que tem medo de viver, fugindo para seu mundo dos sonhos, onde tudo se torna possível. O principal problema é o fato do filme ser quase didático, com legendas e frases de efeito para tentar proporcionar o máximo embarque e reflexão, deixando de lado a liberdade do espectador em tirar suas próprias conclusões.

A direção de Ben Stiller segue competente e sólida, sustentando o filme e criando diversos momentos agradáveis e até de êxtase. A ótima trilha sonora embala e completa a trama, tendo um papel relevante. A fotografia é outro ponto forte da obra, apresentando cenários impecáveis.

Sobre o elenco, deve-se dar destaque ao diretor e ator Ben Stiller que está numa das suas melhores performances da carreira, dando sensibilidade e expressão ao seu personagem. Shirley Maclaine consegue ter uma participação agradável, o mesmo acontece com o ótimo Sean Penn, que enche a tela em seus cinco minutos.

No final das contas, “A Vida Secreta de Walter Mitty” é um daqueles filmes que poderiam ter sido bem melhores, mas ao mesmo tempo o resultado final agrada e proporciona um filme extremamente poético e encantador.

Trailer legendado

Comentários

comentários

About the author

Estudante, questionador, indeciso e idealista. Amante da Sétima Arte, acredita que a cultura e a educação são os principais instrumentos de transformação social. Apaixonado pelo Brasil em toda sua plenitude e cores.

Related Posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *