Confira os destaques da programação de Sábado, dia 5 de setembro, da 15ª CineOP.

Além dos mais de 100 filmes presentes na programação dessa edição, a Mostra de Cinema de Ouro Preto também conta com atividades como oficinas, masterclasses, rodas de conversas, debates, bate papos e as lives shows nos finais de todos os dias de Mostra.

Como tudo é digital neste ano, aqui vão alguns dos destaques do dia para te ajudar a escolher o que melhor combina com você diariamente. Aqui você pode saber como ter acesso a toda CineOP.

PRESENÇAS INTERNACIONAIS E PROJETOS AUDIOVISUAIS MOVIMENTAM O TERCEIRO DIA DA CINEOP

A Masterclass Internacional “As Telas nas Pedagogias da Pandemia”, abre a programação da 15a CineOP no sábado, 05 de setembro, às 10 horas. Inés Dussel, pesquisadora e professora do Departamento de Investigaciones Educativas DIE-CINVESTAV, no México, ministra a atividade que abordará como pensar formas de produção colaborativa de conhecimentos usando plataformas e redes cada vez mais controladas pelo capitalismo de vigilância.

SESC LIVE SHOW RECEBE O GRUPO LAMPARINA E A PRIMAVERA

A partir das 21 horas, é a vez do grupo Lamparina e a Primavera animar o Sesc Cine Live Show. A banda mineira, formada em 2017, vem de um caldeirão de influências que vão de Lenine e Nação Zumbi a Djavan e Parangolé. Tendo a cultura popular brasileira como norte e limites fluidos, o grupo mistura funk, forró, brega, maracatu e o que mais vier. Tudo nosso, tudo lindo.

DESTAQUE CINEMATOGRÁFICO DE SÁBADO DA 15ª CINEOP

Neste sábado, 05 de setembro, diretamente da tela de seu computador, tablet ou celular, o público poderá conferir a qualquer hora, no site oficial da CineOP, a extensa e diversificada seleção de 103 filmes (15 longas, 12 médias e 76 curtas) do evento. As produções de 15 estados, estão distribuídas nas mostras: Contemporânea, Preservação, Histórica, Educação, Mostrinha, Mostra Valores e Cine-Escola.

O PERCURSO DA TVDO E A CRIAÇÃO DE PERSONAGENS NO FOCO DAS RODAS DE CONVERSA

O percurso da Tvdo será o tema do Encontro de Cinema, que será realizado às 12 horas. A Roda de Conversa aborda a trajetória e as ideias da produtora independente TVdo, que na década de 1980 realizou algumas das intervenções estéticas e narrativas mais inovadoras no vídeo brasileiro e na televisão aberta.

  • Outros destaques dos dias anteriores:

15a CINEOP PROMOVE A ACESSIBILIDADE EM FILMES, DEBATES E MASTERCLASSES

A acessibilidade e a inclusão sempre foram prioridades nas mostras que integram o programa Cinema Sem Fronteiras, da Universo Produção, entre elas a 15ª CineOP – Mostra de Cinema de Ouro Preto, que será realizada até o dia 07 de setembro, em ambiente virtual, com toda a programação no site www.cineop.com.br.

NO PRIMEIRO DEBATE DOS ENCONTROS DA EDUCAÇÃO NA 15a CINEOP, PROFISSIONAIS DE DIVERSAS ÁREAS APONTAM LIMITES E POTÊNCIAS DA EDUCAÇÃO EM TEMPOS DE NOVAS PEDAGOGIAS DO OLHAR CAUSADOS PELA PANDEMIA

No debate que abriu os Encontros da Educação este ano na CineOP, três profissionais de áreas distintas da comunicação conversaram sobre formas de desenvolver trabalhos educativos através de mídias variadas. Marcus Tavares, gerente de formação da TV Escola, falou de sua vivência como jornalista e como levou suas experiências a uma rede pública de educação.

EM DEBATE, CONVIDADOS DISCUTEM COMO NOVAS REALIDADES DE PRODUÇÃO PARA TV PERMITEM QUE INDIVÍDUOS SE TORNEM PRODUTORES E EMISSORES DE CONTEÚDO

O debate “TV, pós-TV e outras telas”, da Temática Histórica, realizado no começo da tarde desta sexta, reuniu professores e cineastas para darem seus relatos sobre um cenário de mudança de recepção e produção nos meios audiovisuais populares.

EM MASTERCLASS POÉTICA E EMOCIONANTE, CARLOS SKLIAR EXALTA A IMPORTÂNCIA DA INFÂNCIA COMO TEMPO DE SE COMPREENDER AS COISAS IMPORTANTES DA VIDA

Numa tocante masterclass, Carlos Skliar, investigador principal do Instituto de Investigaciones Sociales da América Latina (Argentina), falou sobre a “pedagogia da fragilidade”, conceito desenvolvido a partir da ideia de que as pessoas não nascem com capacidade de sentir amor, dor e noções de morte, o que conflui num constante ensinamento que tem a educação como ponto fundamental.

JORNALISTAS CONTAM SOBRE DESAFIOS DE TRABALHAR COM PRESERVAÇÃO E DIFUSÃO DE ACERVOS DO PASSADO EM DEBATE DOS ENCONTROS DE ARQUIVOS

No debate do Encontros de Arquivos “A preservação na televisão brasileira: desafios e acesso”, quatro convidados contaram suas experiências de trabalho em instituições audiovisuais públicas e privadas e apontaram um mesmo tipo de desafio: resgatar, manter e difundir acervos de diversas naturezas e formatos.

NA CONTRAMÃO DAS NARRATIVAS DA GRANDE MÍDIA, CINEASTAS DISCUTEM FILMES QUE APRESENTARAM OUTRAS FORMAS DE LIDAR COM A REALIDADE

Na roda de conversa “Imagens na contramão das narrativas midiáticas”, mediada pelo curador da Temática Histórica, Francis Vogner dos Reis, o diretor João Batista de Andrade e a diretora Dácia Ibiapina contaram sobre os processos de alguns de seus trabalhos mais notórios – e que estão em exibição na grade virtual da CineOP.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.