Nesta Sexta-Feira, dia 18, ocorreu a abertura oficial da 45ª edição do Festival de Cinema de Gramado. A bem da verdade o evento começou dia 17, mais conhecido como ontem, com a mostra Educavídeo, a qual tem por objetivo trazer produções de crianças e adolescentes para o Palácio de Festivais. Contudo, para todos os efeitos, fingimos que começou hoje!

Primeiramente, a Orquestra Sinfônica de Gramado embalou a Rua Coberta com músicas de diversos clássicos do cinema e, por fim, o maestro João Carlos Martins assumiu a regência, emocionando a todos os presentes pelo seu talento e fluidez ao conduzir a Orquestra. Por fim, o artista ainda dedicou algumas poucas palavras para o público presente.

Em seguida, as portas do Palácio dos Festivais se abriram e a grande noite de abertura iniciava. Público, elenco e críticos de cinema puderam conferir o filme de abertura João, O Maestro e, em seguida, o primeiro filme da mostra competitiva brasileira, O Matador.

Considerando que ano passado o magnífico Aquarius, que à época era inédito no Brasil, iniciou os trabalhos do festival, trazer João, O Maestro – que, inclusive, já está em cartaz no Brasil todo, exceto o Rio Grande do Sul – é uma bela queda. Primeiro porque não tem força para ser chamado de filme de abertura e segundo porque não é efetivamente inédito. A crítica do filme em texto você já pode conferir aqui e a crítica em video já está no nosso canal do YouTube.

Passada a exibição do primeiro longa, é apresentada uma homenagem aos 45 anos de Gramado e sem muitas delongas, já se iniciou a primeira sessão da mostra competitiva brasileira, O Matador que aliás é primeiro filme brasileiro original da Netflix. Apesar da proposta do filme ser interessante, o público não se animou e a recepção não passou das palmas protocolares da plateia. A crítica completa em texto e vídeo você confere por aqui e la no nosso canal do YouTube.

Infelizmente o 45º Festival de Cinema de Gramado não teve uma abertura muito empolgante, porém ainda temos oito dias de festival pela frente com muitos filmes e curtas que prometem!

Não deixe de conferir os nossos vídeos lá no canal do Cine Eterno (youtube.com/cineeterno)

– Crédito da foto: Cleiton Thielle / Pressphoto

About the author

Editor-Chefe do Cine Eterno. Estudante apaixonado pelo universo da sétima arte. Encontra no cinema uma forma de troca de experiências, tanto pelas obras que são apresentadas, quanto pelas discussões que cada uma traz. Como diria Martin Scorsese "Cinema é a importância do que está dentro do quadro e o que está fora".

Related Posts

1 Comment

  1. Pingback: 45º Festival de Gramado | Impressões do 2º Dia - Cine Eterno

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.