Direção: Nicholas Stoller

Roteiro: Andrew Jay Cohen, Brendan O’Brien, Nicholas Stoller, Seth Rogen, Evan Goldberg

Elenco: Seth Rogen, Zac Efron, Chloë Grace Moretz, Rose Byrne, Dave Franco

Produção: Seth Rogen, Evan Goldberg e James Weaver

Estreia Mundial: 20 de Maio de 2016

Estreia no Brasil: 19 de Maio de 2016

Gênero: Comédia

Duração: 92 minutos

Classificação Indicativa: 16 anos

Neighbors 2

Não é nenhuma novidade que sou uma pessoa meio desgostosa quando o assunto é comédia. Geralmente, quando me deparo com o gênero, tento fugir ou já tenho algum bloqueio imediato. Contudo, sempre existem aquelas exceções e Vizinhos é uma delas. O filme anterior é muito divertido: Zac Efron e Seth Rogen funcionam muito bem, as piadas são legais, a história é bizarra, mas enfim, como um todo, é uma excelente comédia. Bem, quando descubro que existe a sequência, o primeiro sentimento é medo, porque repetir a mesma fórmula poderia não dar muito certo. Contudo, bastam alguns minutos de projeção para que esse receio vá embora e Vizinhos 2 se prove tão bom quanto o antecessor.

Shelby (Chloë Grace Moretz) está bastante animada por ter entrado na fraternidade Phi Lamda, mas não demora muito para ela descobrir que o grupo obriga as meninas a serem belas, recatadas e do lar. Então, ela e mais um grupo de garotas decidem criar um nova instituição: a Kappa Nu, a qual elas podem ser o que quiserem, fazer qualquer tipo de festa, sem todo aquele machismo e loucurada da maioria dos agrupamentos realizados pelos homens. O problema é que elas vão se instalar onde? Sim, do lado da casa de Mac e Kelly Radner (Seth Rogen e Rose Byrne, respectivamente) e, além disso, eles estão prestes a fechar negócio com um casal que quer comprar a residência. Então, é evidente que a história está prestes a se repetir, ainda mais quando elas contratam Teddy Sanders (Zac Efron) para auxiliá-las a coordenar a irmandade.

Se antes, tínhamos piadas e festas machistas com putaria para tudo que é lado, nesse filme, o foco está em justamente ser o contrário disso, abordando um tema que está super em voga: o feminismo. E o mais interessante é que a película aborda a questão de uma forma bem diferente do que geralmente vemos. Sim, há diversas piadas com as incoerências do movimento, por exemplo, mas sem nunca diminuí-lo. Além do mais, por incrível que pareça, há vários questionamentos e até desconstruções, como a acontece com o personagem de Zac Efron que, por sinal, está muito bem no papel (ele definitivamente tem um senso pra comédia). Nessa mesma linha, o filme também aborda casamento gay, questões de gênero. Enfim, tematicamente, Vizinhos 2 está bem superior ao primeiro.

chloe-grace-moretz-zoom-2c7bdf7e-78b1-4317-b9c8-2f497b4d605f

Por outro lado, quando se fala em estrutura, a sequência ainda é bastante inferior, especialmente, pelo fato de praticante copiar o longa de origem, reprisando algumas cenas e situações. Isso me incomodou um pouco. Da mesma forma, algumas brincadeiras passam um pouco do bom senso. Mesmo que seja engraçado, você se sente culpado de estar rindo disso depois. Mas são situações isoladas. No geral, as piadas estão boas, assim como as atuações e até mesmo a direção de Nicholas Stoller – que assume novamente o posto. Por fim, Vizinhos 2 é uma boa e hilária continuação. É diversão garantida para todo mundo e, de quebra, tem ainda alguns debates bastante pertinentes da atualidade. Isso tudo é claro, sem cair na chatice ou na mesmice.

TRAILER LEGENDADO

3 Comments

  1. Pingback: Bright, Novo Filme Original da Netflix, Ganha Segundo Trailer - Cine Eterno

  2. Pingback: PéPequeno Ganha Canção Original Lançada por Niall Horan - Cine Eterno

  3. Pingback: "The Beach Bum", de Harmony Korine, Ganha Teaser - Cine Eterno

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.