Título Original: Now You See Me 2

Direção: Jon M. Chu

Roteiro: Ed SolomonElenco: Jesse Einsenberg, Mark Ruffalo, Woody Harrelson, Dave Franco, Lizzy Caplan, Daniel Radcliffe, Michael Caine, Morgan Freeman

Produção: Bobby Cohen, Alex Kurtzman, Roberto Orci

Estreia no Brasil: 09 de Junho de 2016

Estreia Mundial: 10 de Junho de 2016

Gênero: Ação/Thriller

Duração: 129 minutos

Classificação Indicativa: 12

maxresdefault

Em um filme cujo nome contém a palavra truque, não é de se estranhar o fato de que tudo é planejado para enganar o espectador, desde a forma como “mágicas” (que na verdade nada mais são do que omissões conscientes do roteiro) acontecem, até como personagens mudam de personalidade de uma hora para outra. Tudo, absolutamente tudo é feito com o intuito de pregar uma peça em você. O problema é que, quem já assistiu ao primeiro longa, já sabe disso e, claro, dificilmente – dependendo do grau de atenção -, cairá na pegadinha novamente. Ou melhor, depois que o mágico revela o truque, só com um novo para impressionar. O que, com certeza, não é o caso deste 2º ato.

Iniciando após os acontecimentos da fita anterior, novamente acompanhamos os quatro cavaleiros do apocalipse tentando impressionar o público com os seus truques ~maravilhosos~. Para iniciar, Merritt McKinney (Woody Harrelson) hipnotiza o CEO de uma grande empresa com o objetivo de desmascarar a farsa controlada por essa corporação. Junto com o resto do quarteto J. Daniel Atlas (Jesse Einsenberg), Jack Wilder (Dave Franco) e Lula (Lizzy Caplan – não me pergunte por onde anda a Isla Fischer porque nem no filme souberam explicar o que aconteceu) armam um grande show para fazer a revelação. Contudo, as coisas não saem como esperado e os mágicos tem de sair as pressas do palco por meio de um túnel secreto que os leva “mágicamente”para Macau na China. Lá acabam descobrindo que foram, na verdade, recrutados por Walter Mabry (Daniel Radcliffe), um jovem executivo, filho de papai, para que roubem um chip capaz de “hackear” qualquer computador do mundo.

E não foi apenas Isla Fischer que saiu de cena (prometo que os trocadilhos vão parar por aqui), o diretor Louis Leterrier também abandona o projeto e entra o diretor Jon M. Chu (G.I. Joe: Retaliação e, pasmem, Justin Bieber: Never Say Never), realizando um trabalho mediano, igual a maioria de seus outros filmes. Nada além do convencional, mas o suficiente para não passar vergonha, isto é, não tem nenhuma inventividade nos planos, as composições são óbvias. Porém, cumpre o seu papel. O problema mesmo está no roteiro e seus famigerados plot twists. Quem já me conhece, sabe que eu tenho aversão a qualquer artifício que não seja necessário na narrativa. Quer usar? Pode usar, mas, por favor, utilize com sabedoria e não para (tentar) menosprezar o público. É isso que os roteiristas tentam fazer o tempo todo. Tá, mas o filme não se chama truque? Faz todo sentido ser enganado! Sim, na primeira vez é legal, na segunda você já fica questionando a necessidade, na terceira, o pé chega a tremer para levantar e ir embora. Além disso, quando os pontos de virada começa a ocorrer reiteradamente, o clímax das cenas começa a não funcionar, pois já se sabe que tudo será resolvido com uma explicação estapafúrdia.

maxresdefault-1

Para a sorte dos produtores, a película consegue se sustentar por causa do elenco. Exceto Daniel Radcliffe (muito em função do péssimo personagem), todos estão em uma ótima sintonia. Mas, no fundo, tenho que admitir que me dá uma certa tristeza ver atores como Morgan Freeman e Michael Caine tão subaproveitados em papeis sem nenhuma profundidade ou até mesmo sentido. Mais aparente que eles precisavam pagar as contas da reforma do banheiro e acabaram aceitando passar essa vergonha. No mais, Truque de Mestre – 0 2º Ato cumpre com o que promete: é uma enganação do início ao fim. Em todos os sentidos.

TRAILER LEGENDADO

2 Comments

  1. Pingback: Crítica | Masters of Sex | 4ª Temporada - Cine Eterno

  2. Pingback: O Trailer Completo de Vingadores: Guerra Infinita - Cine Eterno

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.