Dirigido e protagonizado por John Krasinski, Um Lugar Silencioso (A Quiet Place, 2018), da Paramount Pictures, foi ovacionado pelo público e agradou a crítica na sua primeira exibição, durante o festival South by Southwest (SXSW), no Texas.

Com estreia marcada para o dia 05 de abril, o longa narra a história de uma família que precisa se manter em total silêncio para sobreviver a uma ameaça que pode atacá-los ao menor sinal de barulho.

O filme traz Emily Blunt (A Garota no Trem, O Caçador e a Rainha de Gelo, Sicario: Terra de Ninguém) no papel de Evelyn, uma mãe de família que, ao lado do marido, tenta proteger os dois filhos pequenos e o bebê que está por vir.

Com 100% de aprovação no Rotten Tomatoes, site americano que reúne críticas de cinema e televisão, o filme foi muito elogiado pelos críticos. No Metacritic, por enquanto, tem uma média de nota 79.

Um Lugar Silencioso marca um passo adiante de Krasinski como ator e diretor. Ele encontrou um material ideal para um recomeço, oferecendo uma experiência eletrizante, onde os sustos não vêm dos estrondos, mas dos sussurros e do silêncio.

Na era em que vivemos hoje, do ‘caos da informação’, é libertador ficar imerso num filme silencioso onde o menor sinal de barulho pode matar você – opina Eric Kohn, do Indiewire.

Por mais que nem sempre a gente compre a ideia que vemos no filme, Krasinski é um cineasta suficientemente talentoso para esconder nossas objeções. Ele dirige com todos os seus sentidos – elogia Owen Gleiberman, da Variety.

Já a crítica da Vanity Fair, Joanna Robinson, elogia a escolha de Emily Blunt para protagonizar o filme.

Embora seja a terceira vez de Krasinski como diretor, é sua primeira vitória, e, grande parte disso, deve-se a ênfase na questão familiar e na sua escolha por dar a sua mulher o papel de protagonista”, revela.

“Mesmo os espectadores que não aceitam a metáfora do filme, morrerão de medo”, conclui o crítico John DeFore, do Hollywood Reporter.

Para Krasinski, o fato de ser pai de duas crianças foi um dos motivos que o levaram a fazer o longa.

“Eu e Emily (os dois são casados desde 2010) acabamos de ter nossa segunda filha, eu já estava em um mundo aterrorizado, então, pensei, por não colocar isso num filme?”, ironizou. “É sobre tentar proteger a família, mais do que sobre assustar as pessoas”, disse no Q&A com o público após a exibição.

Assista ao trailer legendado do filme acima.

Comentários

comentários

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *