Título Original: SexTape
Direção: Jake Kasdan
Elenco: Cameron Diaz, Jason Segel, Rob Lowe
Estreia no Brasil: 21 de Agosto de 2014
Gênero: Comédia
Duração: 95 minutos

Comédia é um gênero cada vez mais difícil de se fazer hoje em dia, pois os grandes filmes ou são muito bobos, arrecadando muito, ou são inteligentes e sutis, consequentemente fracassando na bilheteria. Apesar de cada vez remotas, ainda nutro esperanças de ver uma comédia minimamente esperta e rentável, juntando o útil ao agradável. Infelizmente, “SexTape- Perdidos na Nuvem” pode até tentar se portar como uma, mas acaba não fugindo do lugar comum, sendo mais uma frustração.

No longa, o casal Annie (Cameron Diaz) e Jay (Jason Segel) eram muito apaixonados na juventude, orgulhando-se da sua intensa atividade sexual, entretanto o matrimônio, filhos e aumento de responsabilidade que a maturidade impõe, acabam tornando o casal metódico e frustrado sexualmente. Buscando inovar e “resgatar” o fogo da relação, os dois resolvem ter uma noite apenas dos dois, na qual filmam seu sexo. Eis que por falha de Jay, o vídeo é sincronizado pra diversos dispositivos, iniciando uma busca frenética a fim de impedir o vazamento da sextape.

Premissa até tenta ser original, mas não demora muito até o roteiro pairar sobre o previsível. Não costumo esperar muito por parte de comédias desse tipo, mas ao menos devem ser engraçadas. Nem isso o longa funciona, com piadinhas piegas onde o tédio é predominante. A sensação geral é que as melhores piadas e tiradas foram deixadas no trailer, o resto do filme é pra lá de mórbido e desinteressante. É possível que os casais possam se identificar com o retrato dos casais sem tempo para si, porém é um tipo de reflexão limitada ao grande público. Este, no geral, busca um filme minimamente engraçado e que dê para passar o tempo, sendo que lhe é apresentando uma comédia bem insossa.

Outro problema é a dinâmica do casal principal, Segel e Cameron estão artificiais e não conseguem forçar a menor química, mesmo com a devida carisma, a empatia com seus personagens e dilema é nula. É uma pena, principalmente, ver o talento de Cameron Diaz sendo desperdiçado cada vez mais com comédias bobas e que nada acrescentam, sendo uma atriz com potencial já mostrado e reconhecido, não investindo em projetos que visam aproveita-la plenamente.

Sextape pode até conseguir vasta bilheteria, mas serve mais como um filme de promoção aos produtos da marca Apple que comédia para o grande público. É mais um recado da saturação do gênero, cada vez mais submisso ao mercado, será  reformulado, pelo visto, apenas quando o prejuízo não vier em forma de crítica, sim em bilheteria. Não custa esperar, apesar da dilação ser tão brochante como um filme desses.

TRAILER LEGENDADO

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.