Título Original: The Woman in Black 2: Angel of Death

Direção: Tom Harper

Roteiro: Jon Croker

Elenco: Phoebe Fox, Helen McCrory, Amelia Crouch, Jeremy Irvine,

Produção: Ben Holden, Tobin Armbrust, Richard Jackson, Simon Oakes

Estreia Mundial: 2 de Janeiro de 2015

Estreia no Brasil: 29 de Janeiro de 2015

Gênero: Terror

Duração: 98 minutos

Classificação Indicativa: 14 anos

the-woman-in-black-angel-of-death-with-jeremy-irvine-as-harry-and-phoebe-fox-as-eve-_3a3c8ad1-2253-e311-a294-d4ae527c3b65

Um dos grandes problemas que envolve o gênero terror desde sua popularização é o fato de que os produtores nunca sabem a hora de parar. Essa miopia nos trouxe nada menos do que 12 filmes da franquia Sexta-Feira 13 (com mais um confirmado para o fim de 2015, para o meu desespero), 7 a Hora do Pesadelo, 4 Pânicos, 23 Premonições e 152 Jogos Mortais. Não satisfeitos com essa lambança toda, ainda me resolvem fazer sequência de obras cinematográficas que, ao contrario das produções supracitadas, fracassaram já na primeira tentativa. Esse é exatamente o caso de A Mulher de Preto que, por si só, já é bem fraquinho. Pois então, o segundo longa, consegue ser pior, muito pior.

Eu juro que eu queria poder nesse espaço contar sobre o que se trata a produção, mas infelizmente os roteiristas não se deram ao trabalho de tentar criar uma história coesa e com um mínimo sentido. Então, como crítico aplicado que sou, fui ler a sinopse com o intuito de tentar explicar sobre o que aborda a fita, porém não obtive muito êxito. O que posso adiantar para vocês é eles tentam dar uns sustinhos, mas não conseguem; tentam criar um romance e – adivinhem – falham; acham que estão abalando estruturas, contudo o tédio impera durante todos os seus intermináveis 98 minutos.

WOMAN IN BLACK 2

Os atores são tão ruins, quanto desconhecidos e, claro, não me lembro do nome de nenhum e nem vou desperdiçar tempo de vocês com isso. Mentira, tem a excelente Helen McCrory (mais conhecida por ter interpretado Narcisa Malfoy na franquia Harry Potter), todavia, a personagem dela é tão caricata e tão ridícula que vou simplesmente fazer vista grossa.

Falando em visão, não posso deixar de desferir o meu ódio à fotografia da película, ou melhor, a não fotografia, pois é tudo extremamente escuro. Se no primeiro filme a direção investia em cores mais sombrias e em blurs para criar toda uma atmosfera assustadora, aqui eles se esquecem dos acertos anteriores e apagam a luz total. Tem cenas que não dá para entender o que está acontecendo e isso não só é muito grave, como também denuncia a estratégia desesperada da direção em tentar assustar (falhando miseravelmente, aliás).

WOMAN IN BLACK 2

A Mulher de Preto 2: O Anjo da Morte (que eu to procurando até agora onde está esse anjo) é mais uma fraca produção que tenta ir na onda do (semi) sucesso do seu antecessor, mas que poderia nem ter sido do papel. É um desperdício de tempo, dinheiro e paciência e que só tem uma utilidade que é a de fazer o primeiro filme parecer uma excelente e relevante película.

TRAILER LEGENDADO

About the author

Editor-Chefe do Cine Eterno. Estudante apaixonado pelo universo da sétima arte. Encontra no cinema uma forma de troca de experiências, tanto pelas obras que são apresentadas, quanto pelas discussões que cada uma traz. Como diria Martin Scorsese "Cinema é a importância do que está dentro do quadro e o que está fora".

Related Posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.