De 14 a 16 de Setembro de 2016 a grande estreia da semana superou as projeções e, ficando acima das expectativas, liderou com tranquilidade a bilheteria durante o final de semana.

O Contador (The Accountant) estreou em 3,332 salas e fez U$ 24.7 milhões, acima das projeções tanto de analistas quanto do próprio estúdio. Com uma nota A- segundo o Cinemascore, o público do filme foi 58% masculino, enquanto 86% do total tinha acima dos 25 anos de idade, ótimo número considerando que se trata de um filme Rated R (censura 17 anos). Dependendo de como se mantiver, no próximo final de semana já pode ultrapassar seu orçamento de produção, estimado em U$ 40 milhões. Internacionalmente foram U$ 2.8 milhões em 10 mercados, nenhum de grande expressão.

No filme, Christian Wolff (Ben Affleck) é um homem que apresenta um quadro de Síndrome de Asperger, o que o faz ter mais intimidade por números do que por pessoas. Ele usa um escritório de contabilidade em uma cidadezinha pequena apenas como fachada para trabalhar como contador autônomo para algumas das mais perigosas organizações criminosas do mundo. Dirigido por Gavin O’Connor, a distribuição é da Warner Bros. Pictures, que lança O Contador no Brasil em 20 de Outubro de 2016. Assista abaixo ao trailer legendado:

A segunda maior estreia da semana, chegando a 2,567 salas, ficou com o segundo lugar na bilheteria. Kevin Hart: What Now? fez U$ 11.98 milhões, também com uma nota A- no Cinemascore o público do filme foi 51% feminino, tendo 46% do público abaixo dos 25 anos de idade. Em outros números, 43% do público foi Afro-Americano, 24% Caucasiano e 23% Hispânico. O filme já superou seu orçamento de produção, tendo custado U$ 10 milhões e sendo financiado pelo próprio Kevin Hart.

O filme é um stand up de Kevin Hart sobre a cultura afro-americana, política americana, eventos atuais, a vida cotidiana, sexualidade humana, casamento, paternidade, cultura pop, relações raciais, racismo e autodepreciação. Uma comédia observacional, de humor negro, surreal, satírico e auto-depreciativo. Distribuído pela Universal Pictures, não há previsão de estreia para Kevin Hart: What Now? no Brasil. Assista ao trailer, sem legendas, abaixo:

A Garota no Trem (The Girl on the Train) saiu da liderança para o terceiro lugar. Numa queda de 51.2% o filme fez mais U$ 11.97 milhões. Agora em cartaz há 10 dias nos Estados Unidos, são U$ 46.5 milhões em bilheteria, superando seu orçamento de produção, estimado em U$ 45 milhões. Com mais U$ 33.1 milhões feitos em mercados internacionais, mundialmente a bilheteria do filme é de U$ 79.6 milhões.

Na adaptação do livro homônimo de Paul Hawkins, Rachel (Emily Blunt), uma alcoólatra desempregada e deprimida, sofre pelo seu divórcio recente. Todas as manhãs ela viaja de trem de Ashbury a Londres, fantasiando sobre a vida de um jovem casal que vigia pela janela. Certo dia ela testemunha uma cena chocante e mais tarde descobre que a mulher está desaparecida. Inquieta, Rachel recorre a polícia e se vê completamente envolvida no mistério. Distribuído pela Universal Pictures, no Brasil A Garota no Trem estreia no dia 27 de Outubro de 2016. Assista abaixo ao trailer legendado:

O quarto lugar ficou com O Lar das Crianças Peculiares (Miss Peregrine’s Home For Peculiar Children). O filme caiu 41.2%, mas ganhou um reforço de 130 salas, estando em cartaz agora em 3,835 salas no total. Em seu terceiro final de semana foram mais U$ 8.9 milhões, chegando a U$ 65,8 milhões em 17 dias nos Estados Unidos. Domesticamente ainda está longe de seu orçamento de produção, estimado em U$ 110 milhões. Internacionalmente a queda foi de 44.9%, fazendo mais U$ 23.4 milhões, para u$ 130.9 milhões fora dos Estados Unidos. Mundialmente sua bilheteria é de U$ 196.8 milhões.

Após a estranha morte de seu avô (Terence Stamp), o jovem Jake (Asa Butterfield) parte com seu pai para o País de Gales. Lá ele pretende encontrar a srta. Peregrine (Eva Green), atendendo ao último pedido do avô, que lhe disse que “ela contará tudo”. Só que, ao chegar, descobre que o local onde ela viveria é uma mansão em ruínas, que foi atingida por um míssil durante a Segunda Guerra Mundial. Ao investigar a área, Jake descobre que lá há uma fenda temporal, onde a srta. Peregrine vive e protege várias crianças dotadas de poderes especiais. Baseado no livro homônimo de Ransom Riggs, o filme é dirigido por Tim Burton a partir do roteiro de Jane Goldman. Com distribuição da Fox Film, no Brasil O Lar das Crianças Peculiares estreou no dia 29 de Setembro de 2016. Assista abaixo ao trailer legendado:

Horizonte Profundo – Desastre no Golfo (Deepwater Horizon) ficou com o quinto lugar, também em seu terceiro final de semana. Caindo 44.9% o filme também teve um acréscimo de salas, foram mais 144, para um total de 3,403 salas. Ainda assim a média foi baixa, e o filme fez apenas mais U$ 6.3 milhões. Após 17 dias são U$ 49.3 milhões nos Estados Unidos, menos da metade de seu orçamento de produção, também custando U$ 110 milhões. Internacionalmente as notícias também não são boas, mesmo que ainda deva estrear em alguns mercados chave, até agora são apenas U$ 27.6 milhões fora dos Estados Unidos. Mundialmente sua bilheteria é de U$ 77 milhões.

Baseada em eventos reais, a história se passa no Golfo do México, na plataforma de perfuração marítima Deepwater Horizon. Diante de um dos piores vazamentos de petróleo na história dos EUA, Mike Williams (Mark Wahlberg) e os demais trabalhadores embarcados lutam para escapar com vida do terrível acidente. Dirigido por Peter Berg e estrelado, além de Mark Wahlberg, por Kurt Russell, Gina Rodriguez, Kate Hudson eJohn Malkovich, no Brasil a distribuição é da Paris Filmes. Inicialmente Horizonte Profundo – Desastre no Golfo estrearia em Outubro, mas teve sua estreia adiada para 10 de Novembro de 2016 no país. Assista abaixo ao trailer legendado:

A Sony Pictures só lança Inferno nos Estados Unidos no final de Outubro, no entanto, o filme estreou em 53 mercados internacionais, fazendo U$ 50 milhões e mostrando que baterá com facilidade seu orçamento de produção, estimado em U$ 75 milhões. Entre os principais mercados, só na Itália, que serve de cenário ao filme, foram U$ 5 milhões. No Brasil foram U$ 4 milhões (cerca de R$ 12.7 milhões), ficando atrás apenas de Itália, Alemanha e Rússia (U$4.4 milhões em cada), e a frente de Reino Unido (U$ 3.8 milhões), México (U$ 2.6 milhões) e Espanha (U$ 2 milhões). Lançado por aqui no dia 13 de Outubro, o Brasil foi um dos primeiros países a receber o filme, que ainda estreará na Coreia do Sul (dia 19), na China, Japão e Estados Unidos (todos no dia 28) e na França (em 09 de Novembro). Assista a análise de Inferno em vídeo, por Márcio Picoli, abaixo:

Confira abaixo as dez maiores bilheterias do final de semana de 16 a 16 de Outubro de 2016 nos Estados Unidos:

Posição Título Semana Total
1. O Contador U$24,715,000 U$24,715,000
2. Kevin Hart: What Now? U$11,984,245 U$11,984,245
3. A Garota no Trem U$11,974,915 U$46,558,510
4. O Lar das Crianças Peculiares U$8,900,000 U$65,832,789
5. Horizonte Profundo – Desastre no Golfo U$6,350,000 U$49,335,332
6. Cegonhas – A História Que Não Te Contaram U$5,600,000 U$59,144,046
7. Sete Homens e Um Destino U$5,200,000 U$84,827,562
8. Middle School: The Worst Years of My Life U$4,250,000 U$13,760,795
9. Sully: O Herói do Rio Hudson U$2,960,000 U$118,371,637
10. O Nascimento de Uma Nação U$2,715,000 U$12,243,134

Os dados para a bilheteria dos dias 14 a 16 de Outubro de 2016 foram retirados dos sites  Box Office Mojo, Hollywood Reporter e Box Office Pro. Os valores estão na moeda norte-americana (dólar).

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.