OS ETERNOS DE 2020 – OS MELHORES FILMES

Atípico é um eufemismo para definir o que foi o ano de 2020. A pandemia de COVID-19, o coronavírus, obrigou a sociedade a adaptar-se a um novo estilo de vida. Além disso, ressignificou a forma de consumir, produzir, viver. A cultura foi uma das principais áreas afetadas, sobretudo pela demora em ter algum plano emergencial para o setor.

Muitos dos cinemas exibidores do Brasil acabaram não aguentando o contexto instável, fechando permanentemente. Os serviços de streaming reiteraram ainda mais os movimentos de franca ascensão, ampliando a competitividade no setor com a entrada em definitivo da Disney+ no mercado. Grandes estreias agendadas para o ano, como “Duna” e “007 – Sem Tempo para Morrer“, foram adiadas para 2021. Já outras obras conseguiram espaço nos streaming, num movimento inédito que deve se repetir no próximo ano, pelo menos com os lançamentos simultâneos dos projetos da Warner no streaming e nos cinemas.

Com o Brasil computando quase 200 mil mortes oficiais, fica o lamento por essa tragédia, principalmente pela falta de políticas públicas coordenadas promovidas pelo atual governo federal que visassem impedir tamanho morticínio. A tão sonhada vacina parece um sonho ainda distante para o país, porém, fica a esperança que o bom senso e a decência prevaleçam para os próximos tempos, frente aos desafios inevitáveis que virão.

Apesar disso tudo, o ano de 2020 rendeu momentos marcantes, como a vitória arrebatadora do sul-coreano “Parasita” no Oscar de melhor filme. Os festivais nacionais e internacionais se adaptaram ao formato remoto e conseguiram atingir novos e diferentes públicos. Ainda por cima, vários filmes independentes e fora do circuito conseguiram adentrar em diferentes camadas de público graças aos lançamentos direto em streaming. A nossa lista se baseia nos lançamentos dos filmes diretamente no streaming e nos cinemas nesse ano.

Aqui nossos votos que 2021 consiga ser um ano com mais esperança e serenidade. Com momentos que realmente sejam eternos. Feliz ano novo!

“Retrato de Uma Jovem em Chamas”, de Céline Sciamma

O ETERNO DO ANO (MELHOR FILME):

RETRATO DE UMA JOVEM EM CHAMAS“, de Céline Sciamma

TOP 9 FILMES:

2. “DESTACAMENTO BLOOD”, de Spike Lee

3. “ADORÁVEIS MULHERES“, de Greta Gerwig

4. “JOIAS BRUTAS”, de Josh e Benny Safdie

5. “NUNCA RARAMENTE ÀS VEZES SEMPRE”,  de Eliza Hittman

6. “O SOM DO SILÊNCIO”, de Darius Marder

7. “ON THE ROCKS”, de Sofia Coppola

8. “HIGH LIFE – UMA NOVA VIDA”, de Claire Denis

9. “MANK”, de David Fincher

10. “UMA VIDA OCULTA”, de Terrence Malick

MELHOR DIREÇÃO:

CÉLINE SCIAMMA, “RETRATO DE UMA JOVEM EM CHAMAS

MELHOR ATOR:

ADAM SANDLER, “JOIAS BRUTAS”

MELHOR ATRIZ:

NOÉMIA MERLANT, “RETRATO DE UMA JOVEM EM CHAMAS

MELHOR ATOR COADJUVANTE:

PAUL RACI, “O SOM DO SILÊNCIO”

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE:

FLORENCE PUGH, “ADORÁVEIS MULHERES

MELHOR ELENCO:

“DESTACAMENTO BLOOD”

MELHOR ROTEIRO:

CÉLINE SCIAMMA, “RETRATO DE UMA JOVEM EM CHAMAS

MELHOR FOTOGRAFIA:

CLAIRE MATHON, “RETRATO DE UMA JOVEM EM CHAMAS

MELHOR TRILHA SONORA:

TRENT REZNOR & ATTICUS ROSS, “MANK”

MELHOR DIREÇÃO DE ARTE:

CHRIS CRAINE, DAN WEBSTER, “MANK”

MELHOR FIGURINO:

JACQUELINE DURRAN, “ADORÁVEIS MULHERES

MELHOR EDIÇÃO:

RONALD BRONSTEIN, BENNY SAFDIE, “JOIAS BRUTAS”

INFERNO DO ANO (PIOR FILME):

“MULHER-MARAVILHA 1984”

 

LISTA INDIVIDUAIS:

Eduardo Gomes:

“O Mistério de Silver Lake”, de David Robert Mitchell
  • Os Eternos de 2020 (Melhores filmes):

1. “Retrato de uma Jovem em Chamas”, Céline Sciamma

2. “Nunca Raramente Às Vezes Sempre”, Eliza Hittman

3. “Sertânia”, Geraldo Sarno

4. “Adoráveis Mulheres”, Greta Gerwig

5. “O Mistério de Silver Lake”, David Robert Mitchell

6. “Destacamento Blood”, Spike Lee

7. “A Mulher que Se Foi”, Hong Sang-Soo

8. “O Som do Silêncio”, Darius Marder

9. “The Souvenir”, Joanna Hogg

10. “On the Rocks”, Sofia Coppola

11. “Soul”, Peter Docter & Kemp Powers

12. “Amazing Grace – Aretha Franklin”, Sidney Pollack & Allan Elliot

13. “Jóias Brutas”, Irmãos Safdie

14. “Pacarrete”, Allan Deberton

15. “The Beach Bum”, Harmony Korine

16. “High Life – Uma Nova Vida”, Claire Denis

17. “Mank”, David Fincher

18. “O Oficial e o Espião”, Roman Polanski

19. “The 40- Year- Old Version”, Radha Blank

20. “Wolfwalkers”, Tomm Moore & Ross Stewart

21. “Clemency”, Chinonye Chukwu

22. “Uma Vida Oculta”, Terrence Malick

23. “As Mortes de Dick Johnson”, Kirsten Johnson

24. “Miss Americana”, Lana Wilson

25. “Agente Duplo”, Maite Alberdi

“Nunca Raramente Às Vezes Sempre”, de Eliza Hittman
  • Melhores Atrizes:

1. Noémie Merlant, “Retrato de Uma Jovem em Chamas”

2. Sidney Flanigan, “Nunca Às Vezes Raramente Sempre”

3. Marcélia Cartaxo, “Pacarrete”

4. Chiara Mastroianni, “Quarto 212”

5. Alfre Woodard, “Clemency”

6. Lesley Manville, “Ordinary Love”

  • Melhores Atores:

1. Andrew Garfield, “O Mistério de Silver Lake”

2. Riz Ahmed, “O Som do Silêncio”

3. Adam Sandler, “Joias Brutas”

4. Delroy Lindo, “Destacamento Blood”

5. Matthew McConaughey, “The Beach Bum”

6. Jean Dujardin,” O Oficial e o Espião”

  • Melhores Atrizes Coadjuvantes:

1. Adèle Haenel, “Retrato de uma Jovem em Chamas”

2. Florence Pugh, “Adoráveis Mulheres”

3. Amanda Seyfried, “Mank”

4. Maria Bakalova, “Borat: Fita de Cinema Seguinte”

5. Sophia Loren, “Rosa e Momo”

6. Aubrey Plaza, “Alguém Avisa?”

  • Melhores Atores Coadjuvantes:

1. Chadwick Boseman, “Destacamento Blood”

2. Paul Raci, “O Som do Silêncio”

3. Bill Murray, “On the Rocks”

4. João Miguel, “Pacarrete”

5. David Thewlis, “estou pensando em acabar com tudo”

6. Frank Langella, “Os 7 de Chicago”

  • Melhores Elencos:

1. “Adoráveis Mulheres”

2. “Destacamento Blood”

3. “Os 7 de Chicago”

4. “Pacarrete”

5. “A Despedida”

6. “Três Verões”

“Sertânia”, de Geraldo Sarno
  • Melhores Direções:

1. Eliza Hittman, “Nunca Raramente Às Vezes Sempre”

2. Céline Sciamma, “Retrato de uma Jovem em Chamas”

3. Geraldo Sarno, “Sertânia”

4. Spike Lee, “Destacamento Blood”

5. David Robert Mitchell, “O Mistério de Silver Lake”

6. Claire Denis, “High Life – Nova Vida”

  • Melhores Roteiros:

1. Geraldo Sarno, “Sertânia”

2. Darius Marder & Abraham Marder, “O Som do Silêncio”

3. Céline Sciamma, “Retrato de Uma Jovem em Chamas”

4. Eliza Hittman, “Nunca Raramente Às vezes Sempre”

5. Pete Docter & Mike Jones & Kemp Powers, “Soul”

6. Sofia Coppola, “On the Rocks”

  • Melhores Fotografias:

1. Claire Mathon, “Retrato de Uma Jovem em Chamas”

2. Miguel Vassy, “Sertânia”

3. Jörg Widmer, “Uma Vida Oculta”

4. Mike Gioulakis, “O Mistério de Silver Lake”

5. Philippe Le Sourd, “On the Rocks”

6. David Raedeker, “The Souvenir”

  • Melhores Edições:

1. Renato Vallone, Geraldo Sarno, “Sertânia”

2. Fabrizio Federico, Aline Hervé, “Martin Eden”

3. Jeff Buchanan, “Amazing Grace – Aretha Franklin”

4. Rehman Nizar Ali, Joe Gleason, Sebastian Jones, “Uma Vida Oculta”

5. Gabriel Rhodes, “Time”

6. Ronald Bronstein, Benny Safdie, “Joias Brutas”

  • Melhores Figurinos:

1. “Adoráveis Mulheres”

2. “Retrato de uma Jovem em Chamas”

3. “Mank”

4. “Aves de Rapina: Arlequina e Sua Emancipação Fantabulosa”

5. “Emma”

6 .”On the Rocks”

  • Melhores Direção de Arte:

1. “Mank”

2. “High Life – Uma Nova Vida”

3. “Soul”

4. “Sertânia”

5. “Emma”

6. “O Que Ficou Para Trás”

  • Melhores Trilhas Sonoras:

Trent Reznor & Atticus Ross, “Mank”

Terrence Blanchard, “Destacamento Blood”

Trent Reznor & Atticus Ross, Jon Batiste, “Soul”

Alexandre Desplat, “O Céu da Meia Noite”

James Newton Howard, “Uma Vida Oculta”

Stuart A. Staples, “High Life – Uma Nova Vida”

  • Infernos do Ano (Piores filmes):

“Música para Morrer de Amor”

“Convenção das Bruxas”

“Era uma Vez um Sonho”

“Mulher-Maravilha 1984”

“Rebecca – A Mulher Inesquecível”

“Ava”

Renan Santos:

“Destacamento Blood”, de Spike Lee
  • Os Eternos de 2020 (Melhores Filmes):

1. “Retrato de Uma Jovem em Chamas”, Céline Sciamma

2. “Destacamento Blood”, Spike Lee

3. “Joias Brutas”, Josh Safdie, Benny Safdie

4. “Nunca Raramente Às Vezes Sempre”, Eliza Hittman

5. “As Ondas”, Trey Edward Shults

6. “O Farol”, Robert Eggers

7. “Adoráveis Mulheres”, Greta Gerwig

8. “Tenet”, Christopher Nolan

9. “O Som do Silêncio”, Darius Marder

10. “On the Rocks”, Sofia Coppola

11. “High Life – Uma Nova Vida”, Claire Denis

12. “Uma Vida Oculta”, Terrence Malick

13. “Mank”, David Fincher

14. “A Despedida”, Lulu Wang

15. “Blow the Man Down”, Bridget Savage, ColeDanielle Krudy

16. “Honeyland”, Tamara Kotevska, Ljubomir Stefanov

17. “Soul”, Pete Docter, Kemp Powers

18. “Luce”, Julius Onah

19. “Fim de Festa”, Hilton Lacerda

20. “Tigertail”, Alan Yang

21. “Babenco – Alguém Tem Que Ouvir o Coração e Dizer: Parou”, Bárbara Paz

22. “Os Miseráveis”, Ladj Ly

23. “Aves de Rapina: Arlequina e Sua Emancipação Fantabulosa”, Cathy Yan

24. “Sou Sua Mulher”, Julia Hart

25. “Queen & Slim”, Melina Matsoukas

“As Ondas”, de Trey Edward Shults
  • Melhor Ator:

1. Delroy Lindo, “Destacamento Blood”

2. Adam Sandler, “Joias Raras”

3. Robert Pattinson, “O Farol”

4. Riz Ahmed, “O Som do Silêncio”

5. Kelvin Harrison Jr., “As Ondas”

5. Tzi Ma, “Tigertail”

  • Melhor Atriz:

1. Adèle Haenel e Noémie Merlant, “Retrato de Uma Jovem em Chamas”

2. Sidney Flanigan, “Nunca Raramente Às Vezes Sempre”

3. Saiorse Ronan, “Adoráveis Mulheres”

4. Rashida Jones, “On the Rocks”

5. Taylor Russell, “As Ondas”

  • Melhor Ator Coadjuvante:

1. Paul Raci, “O Som do Silêncio”

2. Chadwick Boseman, “Destacamento Blood”

3. Willem Dafoe, “O Farol”

4. Sterling K. Brown, “As Ondas”

5. Bill Murray, “On the Rocks”

6. Clarke Peters, “Destacamento Blood”

  • Melhor Atriz Coadjuvante:

1. Florence Pugh, “Adoráveis Mulheres”

2. Octavia Spencer, “Luce”

3. Zhao Shuzhen, “A Despedida”

4. Amanda Seyfried, “Mank”

5. Maria Bakalova, “Borat: Fita de Cinema Seguinte”

6. Marsha Stephanie Blake, “Sou Sua Mulher”

  • Melhor Elenco:

1. “Destacamento Blood”

2. “Adoráveis Mulheres”

3. “As Ondas”

4. “Blow the Man Down”

5. “O Som do Silêncio”

6. “Aves de Rapina e a Fabulosa Emancipação de Harley Quinn”

“Tenet”, de Christopher Nolan
  • Melhor Direção:

1. Céline Sciamma, “Retrato de Uma Jovem em Chamas”

2. Josh Safdie, Benny Safdie, “Joias Brutas”

3. Spike Lee, “Destacamento Blood”

4. Trey Edward Shultz, “As Ondas”

5. Eliza Hittman, “Nunca Raramente Às Vezes Sempre”

6. Christopher Nolan, “Tenet”

  • Melhor Roteiro:

1. Céline Sciamma, “Retrato de Uma Jovem em Chamas”

2. Danny Bilson & Paul De Meo e Kevin Willmott & Spike Lee, “Destacamento Blood”

3. Eliza Hittman, “Nunca Raramente Às Vezes Sempre”

4. Sofia Coppola, “On the Rocks”

5. Bridget Savage Cole, Danielle Krudy, “Blow the Man Down”

6. Greta Gerwig, “Adoráveis Mulheres”

  • Melhor Fotografia:

1. Claire Mathon, “Retrato de Uma Jovem em Chamas”

2. Hoyte Van Hoytema, “Tenet”

3. Jörg Widmer,“Uma Vida Oculta”

4. Jarin Blaschke, “O Farol”

5. Erik Messerschmidt, “Mank”

6. Drew Daniels, “As Ondas”

  • Melhor Edição:

1. Ronald Bronstein, Benny Safdie,“Joias Brutas”

2. Julien Lacheray, “Retrato de Uma Jovem em Chamas”

3. Louise Ford, “O Farol”

4. Adam Gough, “Destacamento Blood”

5. Isaac Hagy, Trey Edward Shults, “As Ondas”

6. Jennifer Lame, “Tenet”

  • Melhor Design de Produção:

1. “Mank”

2. “Tenet”

3. “Adoráveis Mulheres”

4. “High Life – Uma Nova Vida”

5. “O Farol”

6. “Retrato de Uma Jovem em Chamas”

  • Melhor Figurino:

1. “Adoráveis Mulheres”

2. “Mank”

3. “Retrato de Uma Jovem em Chamas”

4. “Aves de Rapina e a Fabulosa Emancipação de Harley Quinn”

5. “Sou Sua Mulher”

6. “O Farol”

  • Melhor Trilha Sonora:

1. Daniel Lopatin, “Joias Brutas”

2. Trent Reznor & Atticus Ross, “Mank”

3. Trent Reznor & Atticus, Jon Batiste, “Soul”

4. Ludwig Göransson, “Tenet”

5. Terrence Blanchard, “Destacamento Blood”

6. Stuart A. Staples, “High Life – Uma Nova Vida”

  • Inferno do Ano (Piores Filmes):

1. “A Babá: Rainha da Morte”

2. “Mulher Maravilha 1984”

3. “Os Novos Mutantes”

4. “Judy – Muito Além do Arco-Íris”

5. “Resgate”

6. “Jojo Rabbit”

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.