“Lipe, Vovô e o Monstro” é o melhor filme do Prêmio Assembleia Legislativa – Mostra Gaúcha de Curtas

Em apenas três dias, o 44º Festival de Cinema de Gramado já distribuiu seus primeiros prêmios. Quem estreou o hall dos vencedores desta edição foram os realizadores gaúchos do Prêmio Assembleia Legislativa – Mostra Gaúcha de Curtas. A cerimônia de premiação aconteceu na noite deste domingo (28) no Palácio dos Festivais. Ao todo foram 18 prêmios.

“Lipe, Vovô e o Monstro”, de Felippe Steffens e Carlos Mateus foi eleito o melhor filme e ganhou também melhor direção de arte.  “Sesmaria”, de Gabriela Lamas também foi destaque e venceu em quatro categorias: melhor edição de som, direção, troféu RBS TV de melhor direção e Prêmio da Crítica de melhor filme.

Os 24 curtas gaúchos foram exibidos nas tardes dos dias 26, 27 e 28 de agosto também no Palácio dos Festivais.

 

Confira os vencedores:

 

  • · Troféu Assembleia Legislativa de Melhor Roteiro

Roberto Burd, por “Dia dos Namorados”

 

  • · Troféu RBS TV de Melhor Roteiro

Germano de Oliveira e André Araujo por “Objetos”

 

  • · Troféu Assembleia Legislativa de Melhor Produtor/ Produtor Executivo

Alessandro Montelli, por “Pobre Preto Puto”

 

  • · Troféu Assembleia Legislativa de Melhor Fotografia

Bruno Polidoro, por “Horas”

 

  • · Troféu Assembleia Legislativa de Melhor Música

Caio Amon, por “Vento”

 

  • · Troféu Assembleia Legislativa de Melhor Direção de Arte

Bruno Selig, por “Lipe, Vovô e o Monstro”

 

  • · Troféu Assembleia Legislativa de Melhor Edição de Som

Lucas Sá, por “Sesmaria”

 

  • · Troféu Assembleia Legislativa de Melhor Montagem

Roberto Burd, por “Dia dos Namorados”

 

  • · Troféu Assembleia Legislativa de Melhor Atriz

Sandra Dani, por “Dia dos Namorados”

 

  • · Troféu RBS TV de Melhor Atriz

Duda Meneghetti, por “Escape”

 

  • · Troféu Assembleia Legislativa de Melhor Ator

João Carlos Castanha, por “Inatingível”

 

  • · Troféu RBS TV de Melhor Ator

Thiago Prade, por “Escape”

 

  • · Troféu Assembleia Legislativa de Melhor Direção

Gabriela Lamas, por “Sesmaria”

 

  • · Troféu RBS TV de Melhor Diretor

Gabriela Lamas, por “Sesmaria”

 

  • · Prêmio da Crítica Melhor Filme

“Sesmaria”, de Gabriela Lamas

 

  • · Troféu RBS TV de Melhor Filme (prêmio aquisição)

“Vida Como Rizoma”, de Lisi Kieling

 

  • · Troféu Assembleia Legislativa de Melhor filme

“Lipe, Vovô e o Monstro”, de Felippe Steffens e Carlos Mateus

Fonte: Pauta Assessoria
Foto de Capa: Edison Vara/Pressphoto

About the author

Editor-Chefe do Cine Eterno. Estudante apaixonado pelo universo da sétima arte. Encontra no cinema uma forma de troca de experiências, tanto pelas obras que são apresentadas, quanto pelas discussões que cada uma traz. Como diria Martin Scorsese "Cinema é a importância do que está dentro do quadro e o que está fora".

Related Posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.